Centro gemológico oferece formação profissional em ourivesaria

WhatsApp Image 2017-03-07 at 13.57.24WhatsApp Image 2017-03-07 at 13.57.26WhatsApp Image 2017-03-07 at 13.57.27

 

Entre alicates, serra, martelos, maçarico e outras ferramentas, os alunos do curso de ourivesaria aprendem a fabricar joias e a trabalhar com diferentes materiais. Com inscrições abertas para novas turmas de nível básico e intermediário, o Centro Gemológico da Bahia, em Salvador, tem formado profissionais para o mercado de trabalho.

A capacitação vale para quem já tem uma profissão ou mesmo para aqueles que procuram um hobby. Os cursos são resultado de parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). As inscrições para as próximas turmas de nível básico, que começa em abril, e intermediário, com início em maio, podem ser feitas na sede do Senai, no bairro de Dendezeiros. Mais informações sobre os cursos podem obtidas por meio do número 71 3326-1747.

Segundo a coordenadora do centro, Mônica Correa, os cursos têm contribuído para a formação de profissionais qualificados na arte da gemologia, lapidação, joalheria, modelagem, fundição, cravação e ateliê de criação de joias. “Através da escola de joalheria, estamos formando profissionais completos para o setor, que oferece, inclusive, muitas opções de atuação. O centro tem contribuído para a qualificação de um setor que ainda é carente e que precisamos investir. Moramos em um estado com muita riqueza mineral e temos que valorizar isso”, afirma a gemóloga.

Opções de atuação

Além de novos ourives, há quem encontrou no curso um novo mercado, como o professor Israel da Cruz Junior, que é ex-aluno e hoje compartilha o que aprendeu. “Às vezes, quando fazemos um curso, queremos ter uma projeção profissional e isso é real, porque estou como professor e um dia já sentei nas cadeiras em que meus alunos sentam. Isso é muito gratificante”, conta Israel.

Laboratório de análise

Vinculado à SDE e localizado na Ladeira do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o Centro Gemológico da Bahia é também um laboratório de análise gratuita e identificação de material gemológico. O serviço consegue reconhecer pedras e joias que as pessoas tenham em casa, para identificar ou ainda informar se o material é valioso economicamente ou não. Os interessados podem procurar os serviços do centro de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.


Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s