Colegiado de Direitos Humanos aprova convite a Maurício Barbosa

dsh

 

A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Marcelino Galo (PT), aprovou ontem o convite da Secretaria de Segurança Pública para conhecer os planos da pasta para 2017. No encontro com o secretário Maurício Barbosa, em data ainda a ser definida para este mês de março, os deputados também vão apresentar sugestões que contribuam para redução  da violência no estado. Na reunião ordinária de hoje os parlamentares membros do colegiado mostraram preocupação com o aumento da violência no interior do estado, especialmente com os prejuízos ocasionados à população com o crescimento do número de roubo a caixas e agências bancárias. Dados do Banco Central revelam que o número de municípios baianos sem agência bancária aumentou de 132 para 148. Além de corte de gastos e reestruturação das empresas, outro fator apontado como determinante para essa redução seria o aumento no número de assaltos e explosões em agências.
“A Comissão tem essa preocupação de discutir esses problemas que afetam diretamente a vida da população e, a partir disso, propor iniciativas parlamentares que possam contribuir com a redução do índice de violência em nosso estado. Entendemos, por exemplo, que os bancos precisam investir mais em segurança, tendo isso como obrigação, com o uso de inovações tecnológicas, e contribuir com o estado na redução do índice de violência que atinge o setor em todo país e prejudica a população dos municípios afetados”, afirma o deputado Marcelino Galo. “Esse encontro com o secretário de segurança, Maurício Barbosa, é para conhecer os planos da pasta para 2017, mas também apresentar sugestões, no sentido de unirmos ainda mais esforços em prol do nosso estado”, acrescenta Galo. Além da audiência com a Secretaria de Segurança Pública, a Comissão também aprovou a realização de audiências públicas para debater a Reforma da Previdência e a formação dos policiais.
O colegiado também propôs o aprofundamento das discussões sobre   a segurança nas agências bancárias com a participação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). “Nessa questão envolvendo os bancos é preciso conhecer também o grau de responsabilidade, comprometimento, investimentos e planos dos banqueiros que contribuam com o aumento da segurança dos clientes. Não é possível, ante os lucros exorbitantes que eles têm trimestralmente, que não contribuam, e o passivo negativo fi que só a cargo do estado”, pontua o parlamentar.
A população precisa saber por que as instituições bancárias não investem  os mecanismos tecnológicos para coibir o avanço desses crimes. E se investem queremos saber o que tem sido feito para inviabilizar esses constantes assaltos”, enfatizou o deputado Ângelo Almeida (PSB). “Temos que trazer os banqueiros para participar dessa discussão e poder assumir sua responsabilidade também”, endossou, também preocupado, o deputado Adolfo Viana (PSDB). Antes de a reunião ser finalizada, a comissão ainda ouviu o relato de familiares de Ramon Henrique de Jesus Santos, 32, morto durante ação da Polícia Militar no dia 2 de fevereiro no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas. Os deputados se solidarizaram com a família e prometeram apoio do colegiado para que as investigações apurem as causas da morte e puna eventual crime cometido pelos policiais da 81ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Itinga).
“Vamos pedi que a investigação seja encaminhada para a DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa) para que o caso seja esclarecido o mais breve possível”, afirmou o deputado Soldado Prisco (PPS).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s