Cármen Lúcia nega suspender votação da reforma trabalhista

ministra-carmen-lucia-stf

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, negou nesta segunda-feira (10) opedido de parlamentares de oposição para suspender a tramitação da reforma trabalhista, que deverá ser votada no Senado nesta terça-feira (11).

Na última quarta-feira (5), 18 senadores pediram, em liminar, a suspensão da votação da reforma trabalhista por 20 dias para que fossem feitos os cálculos de impacto financeiro que uma eventual aprovação da medida traria à União.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s