Justiça Eleitoral proíbe ofensas de “Seu Kinka” contra Jairo Magalhães e Vandilson Medeiros

Redação

Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (3), o grupo de Nilo Coelho perdeu mais uma na justiça. Desta vez, o juiz de direito Dr. Ronaldo Alves, aceitou a interpelação feita pelo advogado da coligação de Jairo Magalhães, em face das ofensas que vem sofrendo nos programas eleitorais como tentativa clara de denegrir a imagem do candidato a reeleição.

Em seu programa de rádio, a coligação intitulada “O Trabalho é a Nossa Marca”, representada por Nilo e Nal, vem utilizando do personagem “Seu Kinka”, voltado para o público humilde e idoso, para atacar a honra do prefeito Jairo Silveira Magalhães. Mais uma vez a justiça agiu de forma rápida e corrente contra as ofensas “destiladas” contra o atual gestor.

Veja abaixo trechos da decisão proferida;

ISTO POSTO DEFIRO A LIMINAR PLEITEADA para que a acionada, em sua propaganda eleitoral, através da participaçao da personagem seu Kinka, sob pena de multa de R$2.000,00 (dois mil reais), por cada ofensa, não promova críticas que venham a denigrir a honra e imagem pública do Senhor Prefeito, atribuindo ao mesmo
pecha de mentiroso ou preguiçoso, a teor de “você vai mentir o povo não vai acreditar, ou “porque se for até 10 horas da manhã ele vai perder porque ele tá dormindo”.

Outras ações estão sendo avaliadas pela Justiça Eleitoral com relação ao posicionamento de correligionários de Nilo Coelho em redes sociais, e muitos já foram julgados e sentenciados.

Segue o documento com a sentença completa sobre o personagem “Seu Kinka”:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s