Bares e restaurantes ‘estão em um corredor da morte’, diz associação

Foto:Tânia Rego (Agência Brasil)

Em comunicado emitido nesta quarta-feira (3), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Bahia (Abrasel-BA) critica as restrições adotadas pelo governno da Bahia, que afetam diretamente as atividades econômicas.

A entidade cobra do governo a revisão das medidas, destacando que é preciso preservar a vida com “ampla estratégia de vacinação, oferta de leitos, contenção de aglomerações e fiscalização do uso de máscaras”.

“Com os constantes fechamentos, o setor sofre hoje com 30% de estabelecimentos que encerraram suas atividades, totalizando um triste número de cerca de 18 mil empresas com suas portas fechadas e um desemprego de mais de 60 mil pessoas, desde o início de 2020. […] Os bares e restaurantes se encontram em um corredor da morte.”

Leia o comunicado na íntegra:

Após as medidas restritivas anunciadas pelo Governo do Estado da Bahia, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (BA) alerta à população para os impactos no segmento que representa. A Abrasel informa que tem diálogo aberto com as autoridades e prefeitos das principais cidades baianas, mas não pode deixar de evidenciar os impactos gigantescos que tais medidas impostas têm gerado à categoria.

A associação, desde o início da pandemia, tem exercido sua função social na proteção e preservação das normas internacionais de ambientes seguros para suas atividades.

O segmento de bares e restaurantes tem sido bastante sacrificado e amarga com a falta de condições para sobrevivência de cerca de 56 mil empreendedores, geradores do sustento de mais de 250 mil  famílias na Bahia. Com os constantes fechamentos, o setor sofre hoje com 30% de estabelecimentos que encerraram suas atividades, totalizando um triste número de cerca de 18 mil empresas com suas portas fechadas e um desemprego de mais de 60 mil pessoas, desde o início de 2020.

O momento é grave. É de extrema necessidade à preservação de vidas, com ampla estratégia de vacinação, ofertas de leitos, contenção de aglomerações e fiscalização do uso de máscaras.

Diante da realidade imposta, os bares e restaurantes se encontram em um corredor da morte. Na luta para transformar esta dramática realidade, a Abrasel comunica a necessidade urgente de revisão dos impactos econômicos das medidas restritivas pelos governantes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s