Bolsonaro faz ataque as medidas aplicadas na pandemia, e questiona: ‘chega de mimimi, vamos ficar chorando até quando?’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar as medidas de isolamentos para impedir o avanço da pandemia causada pela Covid-19. No momento mais grave da crise sanitária no Brasil, o presidente chegou a classificar como ‘mimimi’ as ações de governantes para conter a disseminação da doença.

“Temos que enfrentar nossos problemas. Chega de frescura, de mimimi, vamos ficar chorando até quando? Respeitar obviamente os mais idosos, aqueles que têm doenças. Mas onde vai parar o Brasil se nós pararmos?”, discursou Bolsonaro durante evento nesta quinta-feira em Goiás.

Ele ainda defendeu que todas as atividades deveriam ser consideradas essenciais. “Atividade essencial é toda aquela necessária para o chefe de família levar o pão pra dentro de casa, porra”.

Na ocasião, Bolsonaro também mirou seu arsenal contra os jornalistas, afirmando que a imprensa “deturpa” tudo que ele fala e que fica buscando frases usadas por ele mesmo para atacá-lo.

Nesta terça (3), o Brasil bateu o recorde de mortes em 24 horas desde o início da pandemia, com 1840 novos óbitos. Ao todo, 259.402 pessoas perderam a vida para a Covid-19 no país.

Bahia.ba

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s