Polícia Militar impede suicídio em Guanambi

O Brasil é o oitavo país em número absoluto de suicídios, registrando em média 11 mil casos por ano.

Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) impediram que uma mulher interrompesse a própria vida na noite deste sábado (20), por volta das 20h, em Guanambi, no Sudoeste da Bahia.

Os policiais foram informados que a mulher de 43 anos estava no canal da feira com uma corda amarrada no pescoço tentado se matar.  Rapidamente os agentes se deslocaram ao local e conseguiram evitar que o pior acontecesse.

A mulher foi socorrida pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para ser medicado, no entanto, seu estado de saúde não foi divulgado.

O suicídio apresenta-se, atualmente, como uma grave questão de saúde pública. Segundo registros da Organização Mundial da Saúde, o suicídio vitimiza aproximadamente 800 mil pessoas por ano, o que significa uma morte a cada 35 segundos no mundo.

O Brasil é o oitavo país em número absoluto de suicídios, registrando, em média, 11 mil casos por ano, isto é, 31 mortes por dia, sendo o número de homens quase quatro vezes maior que o de mulheres.

5 sinais que indicam comportamento suicida e como prevenir:

Mostrar tristeza excessiva e isolamento

Alterar o comportamento ou vestir roupa diferente

Tratar de assuntos pendentes

Demonstrar calma repentina

Fazer ameaças de suicídio

De acordo com especialistas, o suicida normalmente surge como consequência de uma doença psicológica não tratada, como é o caso da depressão.EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL

Com a tag

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s