ENTRETENIMENTO: Cartas Para… inicia gravações em Portugal provocando ponte em países de língua portuguesa





O que as escritoras têm a dizer ao mundo? Essa é a pergunta que move o documentário Cartas Para… que tem sua etapa de gravação iniciada em outubro nas cidades de Lisboa, Coimbra e Almada, em Portugal. O longa escrito e dirigido por Vânia Lima propõe uma ponte entre Brasil, Moçambique e Portugal através da narrativa do filme, onde três escritoras, Elisa Lucinda(Rio de Janeiro), Paulina Chiziane (Maputo) e Raquel Lima (Lisboa) escrevem cartas entre si revelando anseios, perspectivas e processos criativos.

“Quando criança, as palavras me deram horizonte, sonho, um lugar para ir quando não me encaixava. Penso que a escrita é esse lugar revelador entre a opressão e a resistência, o concreto e o imaginário, entre o que se quer dizer e o que é entendido, e é aqui que para mim o filme acontece”, comenta a diretora, que também é sócia do Grupo Têm Dendê.

Em Cartas Para… as escritoras escrevem cartas entre si, sobre experiências, desafios e inquietações. No curso desta dinâmica de textos e leitura, elas revelam seus processos criativos e a dimensão da língua nos históricos sociais destes países.

A produção executiva de Cartas Para… é assinada por Keyti Souza e Taguay Tayussy, “para essa e todas as viagens estamos dialogando produções, Brasil e Portugal, Brasil e Moçambique, Bahia e Rio de Janeiro, e fazer isso em meio aos processos pandêmicos cria mais atenção das equipes; porém também é uma oportunidade de renovar os aprendizados”, contextualiza.

Em Portugal, Érico Aires, produtor radicado na cidade de Porto, revela que as externas acontecem em circular por Lisboa, Coimbra e Almada, desde 5 de outubro, com a fotografia de Cláudio Antônio.

Dividido em três atos, o filme de 80 minutos será conduzido pelas cartas e a diretora comenta como se dará essa construção. “São elas, as cartas, que conduzem as narrativas, ditas e não ditas do documentário. Em cada ato, ações diferentes. No primeiro, teremos a escrita. É também o momento em que apresentaremos as escritoras, suas casas, locais de escrita e o início de suas cartas. No ato seguinte, imergimos no processo criativo delas, enquanto artistas e mulheres. E por fim, o desenlace com o último parágrafo da carta mostrando uma despedida; um afago, entre mulheres tão distantes e tão próximas”. Realizado com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, Cartas Para… tem previsão de lançamento para 2022 com distribuição da Lança Filmes.

Por: Lucas Figueiredo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s